fossa séptica

Nesta série de artigos, estamos a explicar o modo de funcionamento, instalação e manutenção da fossa séptica. Se você perdeu, pode ver o primeiro artigo aqui e o segundo aqui. Nós já falamos sobre o que são as fossas sépticas, de que maneira elas funcionam e como você deve dimensionar a fossa ideal para si.

De qualquer modo, é importante salientar que as dicas dadas nesta série não substituem o acompanhamento de técnicos especializados para instalarem e realizarem os serviços de manutenção na sua fossa séptica, de maneira a garantir que a mesma funcione de forma adequada.

Como instalar uma fossa séptica?

Muitas vezes é recomendável que um profissional canalizador acompanhe a instalação da sua fossa séptica para evitar problemas futuros. É preciso, porém, estar atento a alguns detalhes, como a altura não ser maior que o dobro do diâmetro, para que a fossa possa funcionar corretamente.

O primeiro passo para a instalação de uma fossa pré-moldada é escavar o buraco onde ela ficará enterrada no terreno, e, em seguida, compactar o fundo do buraco, nivela-lo e cobri-lo com uma camada de 5 centímetros de concreto.

Atenção, pois nas fossas de anéis sobrepostos é preciso fazer  uma placa de 7 centímetros de concreto armado do fundo do buraco. Finalmente, coloque a fossa pré-moldada no lugar.

Fique atento a alguns itens:

  • a tubagem que liga a caixa de inspeção (da rede de esgoto da residência) à fossa séptica deve ter um caimento de 2%, no mínimo, ou seja, 2 centímetros por metro de tubagem.
  • o topo do buraco da fossa deve ficar em um nível inferior ao da saída da caixa de inspeção

Como funciona a distribuição de efluentes pelo solo?

Existem duas formas de distribuir os efluentes pelo solo, através de:

  • valetas de infiltração: consiste na escavação de uma ou mais valetas, nas quais colocam-se tubos capazes de escoar para dentro do solo os efluentes provenientes da fossa séptica.
  • sumidouro: poço sem placa que permite a penetração do efluente da fossa séptica no solo. Eles podem ser feitos com blocos de concreto ou anéis pré-moldados de concreto e devem ser construídos a cerca de 3 metros da fossa.

Como desentupir e limpar as fossas sépticas?

Quando a manutenção não ocorre de maneira adequada é possível enfrentar casos de entupimento da fossa, nessa situação o melhor a fazer é contatar uma equipa de limpa fossa com urgência. A limpeza periódica também deve ser realizada por empresas especializadas a cada 2 ou 3 anos.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

Abrantina
Rua Cidade de Cardiff Nº42 2ºEsq 1170-095 Lisboa
211 914 715
info@abrantina.pt

18 Outubro, 2016
fossa septica

Fossa séptica: você sabe como funciona? (3/3)

Nesta série de artigos, estamos a explicar o modo de funcionamento, instalação e manutenção da fossa séptica. Se você perdeu, pode ver o primeiro artigo aqui […]
11 Outubro, 2016
fossa septica

Fossa séptica: você sabe como funciona? (2/3)

Nesta série de artigos, estamos a abordar o funcionamento, a instalação e os cuidados que você deve ter com a sua fossa séptica. Se você perdeu […]
4 Outubro, 2016
fossa septica

Fossa séptica: você sabe como funciona? (1/3)

Presente em pequenas áreas rurais ou em locais que não possuem tratamento de esgoto, as fossas sépticas são bastante utilizadas para filtrarem o esgoto e promoverem […]
6 Setembro, 2016
fossa septica

Fossa séptica biodigestora: saiba tudo sobre ela! (3/3)

Nesta série de artigos, estamos a falar da fossa séptica biodigestora – um método mais sustentável de tratar o esgoto doméstico e que tem sido utilizado […]