caixas de gordura devem ser limpas com frequencia
Caixa de gordura: qual a frequência da limpeza? (2/3)
9 Agosto, 2016
fossa septica
Fossa séptica biodigestora: saiba tudo sobre ela! (1/3)
23 Agosto, 2016

Caixa de gordura: qual a frequência da limpeza? (3/3)

caixas de gordura devem ser limpas com frequencia

As caixas de gordura (ou separadores de gordura) são itens muito importantes em qualquer rede de esgoto, pois evitam que óleos e outros produtos sejam deitados directamente na rede, o que diminui as chances de problemas como entupimentos.

Contudo, para que esse sistema funcione adequadamente é essencial que você realize uma manutenção adequada, com a limpeza correcta. Como muitas pessoas têm dúvidas sobre esse assunto, fizemos uma série de postagens com dicas importantes. Se você perdeu os primeiros artigos, não tem problema, confira a parte um e a parte dois.

Problemas causados pela falta de manutenção da caixa de gordura

Quando esses procedimentos não são realizados, ou são feitos de maneira inadequada, você poderá enfrentar alguns problemas em sua residência ou condomínio.

Se a gordura não for removida de forma adequada, com o tempo, irá se transformar primeiro em uma massa amanteigada e depois irá se solidificar, formando cristais e causando vários problemas, como:

  • mau cheiro nas canalizações
  • infestação de baratas, ratos e insetos
  • escoamento lento da água pelo ralo do lava-loiça
  • entupimento completo das canalizações anteriores e posteriores
  • transbordamento pela tampa da caixa de gordura

Para resolver o problema, neste caso, você poderá ter de contratar uma empresa especializada e ficar com o local interditado por um dia ou mais, até que o entupimento seja sanado e a caixa de gordura seja completamente limpa. Por isso, a manutenção é fundamental para que tudo funcione perfeitamente nas canalizações do seu lar, comércio ou condomínio.

Caixas de gordura em condomínio: como funcionam?

Em geral, os condomínios possuem uma única caixa de gordura responsável por armazenar todo os detritos sólidos dos apartamentos. Por isso, a periodicidade de limpeza deve ser a cada 3 meses, mas, como a capacidade da caixa varia de acordo com o condomínio, o ideal é que a administração do edifício esteja a checar com frequência o estado da mesma.

A limpeza, nesses casos, é feita por empresas especializadas, já que as caixas de gordura são maiores do que as residenciais e, estas, devem ser contratadas pelo síndico ou pelo administrador do edifício. Caso a manutenção não seja feita de maneira adequada, todos os apartamentos acabaram por sofrer com dificuldade em escoar água, infestação de baratas e mau cheiro.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

Abrantina
Rua Cidade de Cardiff Nº42 2ºEsq 1170-095 Lisboa
211 914 715
info@abrantina.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *